Difícil é amar de verdade

dificil-e-amar-de-verdade-1

Difícil é amar de verdade

“É muito difícil amar alguém tão diferente, com gostos tão opostos”…

Difícil é amar… Amar o que tem por trás do estereótipo engraçado e do personagem criado para esconder as fragilidades. Amar o que tem por dentro do outro. E em paz pelo que tem dentro da gente.

Difícil é amar de verdade. Se soltar nos braços de alguém sem medo de cair, sem medo do que o outro pode fazer com o que sabe da gente. Difícil é amar sem usar o que sabemos contra o outro também. Sem querer que tudo seja do nosso jeito, na nossa hora, pro nosso único bem estar.

Amar grande e levemente. E ser dois que amam. Dois, não um.

Difícil é amar quando falta tempo pra dormir, na segunda-feira de manhã, na correria do dia a dia, no mau humor do cansaço, no chuveiro que continua dando choque, com lixo pra tirar e banheiro pra lavar. Difícil é amar quando a gente tá com fome, quando tem trabalho demais, quando vai chegar visita em casa.

Difícil é amar o que o outro tenta esconder. Os seus medos e suas paixões. Entender as engrenagens que movem sua vida. E amar entender… descobrir, aprender, desbravar. Difícil é ser recíproco, é ter reciprocidade. Amar sem precisar, e sim, querer.

Difícil é querer amar de verdade…

Difícil é amar quando você entende que não precisa “ter” alguém. Quando descobre o quanto sua própria companhia pode ser boa. Quando você relembra que tendo bons amigos, boas músicas e bons momentos, está tudo bem. Difícil é amar quando você já foi tão machucado, que morre de medo de se ver transformado em outro alguém de novo. Por outro alguém.

É entender que amar é entrega, e não cobrança. Que é apoio, e não crítica. Que é carinho, ao invés de dor. Liberdade, ao invés de posse. Que amar é transbordar o outro, e não tirar um pedaço. Que é transcender, e não reter ou mudar. Que é sentir, e não assinar papéis, receber felicitações no Facebook. É ser feliz sem isso, com isso, apesar disso.

Isso sim é difícil. O resto é bobagem. 😉❤

 

3 Comentários (+adicionar seu?)

  1. Trackback: Como você acha que o amor se parece? | De dentro da Ostra
  2. Trackback: Eu amo você. Você sabe o que isso significa? | De dentro da Ostra
  3. Trackback: Eu amo você. Você sabe o que isso significa? – De dentro da Ostra

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

<span>%d</span> blogueiros gostam disto: